Uma ideia sobre “Abrem-se as cortinas

  1. Gostei, me identifiquei com o Duarte.
    Em uma ocasião sombria da minha vida, trabalhei em uma gráfica como arte-finalista para um Velho Brocha, desgraçado e arrogante. E o Pior que alem disso o mal caráter era um trambiqueiro , não registrava os funcionários e não pagava em dia (no casa me devia dois meses de salário)
    Um dia, um trabalho que eu fiz foi impresso errado (mas ele foi sabotado, pois sempre guardava as artes aprovadas comigo como portfólio) pois então por causa disso fui mandado embora, no dia seguinte retornei para receber o pagamento, e ele disse que não ia me pagar, pois iria descontar a arte que eu supostamente fiz errado (a qual acredito que o FDP alterou só para ter a desculpa de não me pagar), então o chamei de ladrão, trambiqueiro… O cara me deu um soco, quebrou meu óculos, a policia apareceu ali…. processei o cara, e ganhei o processo, mas o escroto, fugiu não me pagou e sumiu do mapa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>