Tico e Teca

 

Essa semana publiquei nas páginas do Diário da Região uma HQ que pegou do topo até o rodapé da página do jornal. É a história de um casal de Bem-te-vi que morava em um cemitério e tinha amizade com um coveiro. A HQ foi vinculada a uma matéria escrita pelo comparsa Raul Marques, que apurou a história e narrou com a sensibilidade que lhe é peculiar. Na verdade esse formato “matéria mais HQ poesia” é um resgate de uma parceria que tive com o mesmo Raul faz alguns anos em uma série chamada “Histórias de Amor”, onde o Raul apurava a história do casal e eu recontava no formato de quadrinhos com uma pegada de poesia, cheios de rima. No “Histórias de Amor” eu tanto desenhava como escrevia os textos, nessa do “Tico e Teca” quem cuidou dos textos da HQ foi o próprio Raul.

Quem quiser saber mais sobre “Histórias de Amor” o Blog dos Quadrinhos do competente Paulo Ramos publicou uma matéria bacana na época. Acesse o link http://blogdosquadrinhos2.blog.uol.com.br/arch2007-05-01_2007-05-31.html#2007_05-06_13_46_05-128224777-25

Para ler mais “histórias de amor” digita no google “histórias de amor orlandeli” que aparece uma caralhada. Eu publicava todas no meu antigo blog.

 

Para ler a matéria completa do “Tico e Teca” que saiu no último domingo acesse http://www.diarioweb.com.br/novoportal/Noticias/Cidades/137828,,Vida+e+morte+de+Tico+e+Teca.aspx

 

Segue a HQ de “Vida e morte de Tico e Teca”.